Travesseiro

Os nossos filhos já tinham nomeNenhum sonho passava fomeComo um ciclo não se consomeO sono agora some Não creio que foi tão momentâneoO futuro era certeiro e espontâneoO presente tão…

Continuar lendo Travesseiro

Canto preenchido

E dormiu com lápis na mão O menino que queria ser poeta Mas em seus cadernos, Folhas, comunicados escolares, Outros livros ou na própria mesa Desejava passar a escrever poesia…

Continuar lendo Canto preenchido

Meu sol

Foi num campo de flores Que percebi que ainda te amo Não eram girassóis, tinham outras cores O insight que tive foi mais insano Na falta dessas flores vi como…

Continuar lendo Meu sol