Shiu!

Tem silêncios diferentesHá os ditos indiferentesE os maledicentesO último menteQuanto ao que tem em mente Silêncio que machuca,A brasa que pega na nucaMas se joga com a mão.Um espírito inquieto…

Continuar lendo Shiu!